Servimed aumenta eficiência e governança em armazéns com SAP EWM

Especializada na distribuição de produtos farmacêuticos e de consumo para os segmentos farma, hospitalar e supermercadista, a Servimed viveu um processo de transformação digital muito intenso nos últimos dois anos. Nesse movimento de inovação, ganharam foco os processos de distribuição que atendem a cerca de 28 mil clientes por mês nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul. 

Um dos maiores desafios estava na gestão dos estoques nos Centros de Distribuição localizados em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A meta era tornar os processos mais ágeis e os níveis de governança ainda mais rígidos. Para apoiar essa jornada no longo prazo, a escolha da Servimed foi o SAP Extended Warehouse Management (EWM), solução voltada para o gerenciamento de armazéns.

Afonso Pelegrini, gerente de Tecnologia na Servimed, diz que a vanguarda em tecnologia sempre esteve no DNA da empresa, que tem 48 anos de história. A liderança corporativa não abre mão da melhoria contínua com o uso de tecnologias escaláveis e boas práticas para o negócio, segundo ele.

O encontro com o SAP EWM nasceu dessa busca da Servimed pela melhoria dos processos internos e entrega constante de valor ao cliente. De acordo com Pelegrini, o compromisso com a valorização do cliente, com maior poder de automação, com a velocidade de processos e com a governança nos armazéns levou a direção a escolher o SAP EWM, que, além de suportar a operação atual, está em linha com a visão de longo prazo da Servimed.

“A empresa passou por um processo de transformação digital nos últimos dois anos muito forte, está buscando se preparar ainda mais para os próximos anos e dar um salto no roteiro tecnológico. Queríamos uma solução que pudesse atender as necessidades atuais e o nosso plano de crescimento. Com foco na mensagem de entrega de valor ao cliente e o olhar para o futuro, optamos pelo SAP EWM”, diz Pelegrini.

Sinergia e unificação de informações

Outra questão que o EWM resolveu nos Centros de Distribuição da Servimed foi a necessidade de padronização com maior acurácia nas informações. “Um dos primeiros pontos defendidos foi a padronização de uma ferramenta que fosse escalável e garantisse velocidade na distribuição. Com a padronização dos nossos processos, há sinergia junto aos nossos colaboradores e unificação das nossas informações”, detalha o gerente de Tecnologia.

A adoção do SAP EWM garantiu mais dinamismo à operação da Servimed, sobretudo pela padronização. “Adotamos uma ferramenta que é padronizada, não só dentro de um segmento que a gente atua, como consumo, mas também no segmento farma”, afirma Pelegrini.

Na visão do gerente de Tecnologia na Servimed, a empresa identificou no SAP EWM a capacidade de expansão do negócio, respondendo ao crescimento do volume das operações. Segundo Pelegrini, quando se fala em solução de tecnologia na Servimed, a busca é pela menor ruptura possível nos processos para manter a entrega de valor ao cliente.

“O SAP EWM nos permitiu ampliar os benefícios de governança nos nossos depósitos e nos novos Centros de Distribuição. A plataforma garantiu a integridade de dados e a diminuição de integrações, que é um ponto muito crítico em tecnologia quando a gente fala em um volume grande. Uma solução padronizada, como o EWM, mitiga bastante isso. Com a plataforma, temos uma base única de conhecimento”, observa Pelegrini.