Petrobras e SAP unem equipes de Labs e promovem hackathon atentas à transformação digital

Solução vencedora do desafio otimiza armazenamento da Petrobras e tem potencial de economia de 37 milhões de reais por ano. “O resultado comprova que a co-inovação e a colaboração são fundamentais”, afirma o Chief Digital Transformation Officer (CDO), da Petrobras, Robert Nunes.

Um processo de automação desenvolvido pela Petrobras, com mentoria da SAP, promete otimizar os trâmites de expedição de materiais da empresa, dentro de sua jornada de transformação digital. A solução, originada em uma maratona de inovação da companhia, a Innoweeks Petrobras, tem o potencial de gerar uma economia de até R$ 37 milhões por ano.

Nomeada “Expedição Inteligente”, a solução foi desenvolvida durante quatro semanas como parte do hackathon interno, realizado com mentoria de especialistas da SAP Labs Latin America e que reuniu os laboratórios de inovação das duas empresas. Para chegar às soluções dos desafios propostos pela competição, os cinco times participantes percorreram quatro ciclos de desenvolvimento, com a criação de protótipos de baixa fidelidade, protótipo de alta fidelidade, protótipo funcional e arquitetura dos softwares.

“A inovação é um dos principais pilares da gestão da Petrobras. Nessa parceria com a SAP, unimos nossos dois laboratórios, o SAP Labs e Corporate Labs, focando em resolver juntos desafios importantes para o desenvolvimento da Petrobras. O resultado comprova que a co-inovação e a colaboração são fundamentais para o processo de transformação digital”, afirma o Chief Digital Transformation Officer (CDO), da Petrobras, Robert Nunes.

Para Matheus Souza, CDO do SAP Labs Latin America, a parceria mostra como a tecnologia pode auxiliar nas jornadas de inovação e transformação digital de clientes e parceiros da SAP. “A Petrobras e a SAP uniram seus labs de inovação para auxiliar na resolução de problemas de negócios e estimular o processo criativo”, definiu.

A equipe vencedora, formada por profissionais das áreas de Suprimentos, Tecnologia, Logística, Planejamento e Gestão de Estoques, conquistou a primeira colocação nas quatro categorias da competição: Apresentação; Design; Viabilidade Técnica e Inovação.

A tecnologia conta com recursos que melhoram a expedição de materiais e otimizam operações de armazenamento, como emissão de remessas e notas fiscais de transporte, separação de materiais, embarque, entre outros.

“Com este produto, esperamos aumentar a eficiência do processo de transferência, diminuindo custos com transferências não atendidas ou ineficazes, reduzindo gastos da ordem de 37 milhões por ano”, explica Carlos Malta, membro do time e parte do Centro de Excelência em Robotização e Digitalização da Petrobras.