CIOs temem estar ficando para trás da concorrência por conta da transformação digital

Pesquisa global mostra que a maior parte dos gestores de Tecnologia admite atrasos em áreas como a otimização do fluxo de trabalho e de operações.

Uma pesquisa aponta que CIOs de todo o mundo acreditam que suas empresas estão ficando para trás da concorrência em termos de ritmo de mudança. A rápida transformação digital tem feito com que as empresas terceirizem a capacidade técnica de TI para dar conta da evolução, e ainda assim, 33% dos CIOs entrevistados pelo estudo Global CIO Survey 2019, realizado pela Logicalis, acreditam estar perdendo competitividade.

O estudo entrevistou 888 CIOs em diversos países e mostrou que as áreas mais atrasadas são: aumento da agilidade (24%), otimização de fluxo de trabalho (23%) e mais eficiência (22%). A pesquisa mostra que 78% dos CIOs globais, as empresas estão usando parceiros externos para terceirizar a TI devido à falta de conhecimento interno.

Além disso, 25% declarou que os serviços na área são cada vez mais terceirizados pois não têm os recursos internos necessários. A mudança de cenário também está afetando o patrimônio da TI, já que as empresas estão mudando o local onde são mantidos tecnologias e serviços.

O relatório aponta ainda que o core interno da infraestrutura de tecnologia continua encolhendo: apenas 41% das organizações mantêm internamente a maior parte das tecnologias e serviços – uma queda em relação aos 64% do ano passado. Além disso, apenas 14% dos entrevistados disseram armazenar tecnologias e serviços na nuvem.