NRF 2020: tecnologia é para melhorar a entrega ao consumidor

A maior feira de varejo do mundo, realizada de 11 a 14 de janeiro, nos Estados Unidos, mostrou que os consumidores estão cada vez mais movidos pela experiência e vão fazer as suas escolhas conforme as lojas adequem seus sistemas à humanização do atendimento.

Com a participação de mais de 16 mil varejistas, a National Retail Federation (NRF), realizada de 11 a 14 de janeiro, nos Estados Unidos, confirmou que a tecnologia precisa ser usada para melhorar a entrega ao consumidor. O momento é o de valorizar o uso das ferramentas tecnológicas para melhorar a gestão de experiência e aproximação efetiva de cliente e consumidor na relação de consumo.

A NRF 2020 foi marcada pelo uso das inteligência artificial para melhorar a oferta de soluções aos consumidores. Também revelou que a omnicanalidade está mais forte do que nunca, a partir do uso de novas tecnologias, da visão computacional e das redes colaborativas. Um ponto de destaque: a percepção que é preciso humanizar as coisas por meio do melhor uso da tecnologia.

Os participantes da NRF 2020 puderam constatar ainda que a experiência é tudo e evoluiu muito. A ideia de que os consumidores são movidos por experiências está empurrando os limites dos varejistas em todos os lugares. Trazer a loja para dentro de nossas casas, e nossas casas para dentro da loja, são realizadas da maneira que as empresas procuram para permitir experiências. Mais do que atender ao consumidor, a grande lição da NRF 2020 é que cabe ao varejo criar condições de resolver as necessidades do seu cliente.