Termomecânica integra operações no Brasil e América Latina com o SAP BusinessOne

O maior ganho foi ter controle sobre a operação, acompanhar a posição de estoques, contábil, fiscal e de compliance em outros países”, diz Walter Sanches, CIO da empresa.

A Termomecânica, classificada entre as maiores indústrias privadas brasileiras e uma das líderes no setor de transformação de metais não ferrosos (cobre e suas ligas) em produtos semielaborados e produtos acabados, ampliou recentemente a sua atuação no mercado latino-americano. A empresa adquiriu empresas no Chile e Argentina, e a partir de então surgiu o desafio de integrar as operações absorvidas.

Na matriz, no Brasil, a Termomecânica já utilizava o SAP ERP ECC para gerir suas operações. Ainda assim, analisou soluções de gestão de outros fornecedores e acabou optando pelo SAP BusinessOne para automatizar processos fiscais, contábeis e de toda a sua cadeia produção fora do País. “O SAP BusinessOne é simples e rápido de implementar. Além disso, nos daria flexibilidade para crescermos, na medida em que permite a inclusão de novos módulos”, explica Walter Sanches, CIO da Termomecânica.

Com o suporte da consultoria Seidor, a empresa implementou a nova solução em 2016. “O nosso maior ganho foi ter controle sobre a operação, acompanhar a posição de estoques, contábil, fiscal e de compliance em outros países”, destaca Sanches. Ele explica que o SAP BusinessOne reúne informações de inventário e operações localizadas, com base em legislações diferentes, e consolida tudo como o SAP ECC na matriz. “Temos confiança nos números da operação, além de conseguirmos exportar processos estabelecidos na matriz para as filiais”, afirma o CIO.

O executivo revela que a Termomecânica estuda a adoção do SAP S4/HANA na matriz. Na Argentina e Chile, o SAP BusinessOne atenderá tranquilamente as operações nos próximos anos.

Share: